Seguidores

domingo, 20 de Abril de 2014

Saudade...





É por Ti que Vivo
por ti recriarei o universo
Amo-te para além da saudade...

Tenho todo o tempo do mundo para te amar
o meu amor alimenta-se do teu amor
para o meu coração basta a tua sombra...

Sonho... Minha alma voa.


Manuel Marques (Arroz)

sábado, 12 de Abril de 2014

Ternura que não tem fim...

Tu és aquilo que sei sobre a ternura
na vida
na amargura
do amor ausente...

Quero-te apenas
assim
no abismo da saudade...

Quero-te assim
nas horas de doçura
ternura
que não tem fim...


Manuel Marques (Arroz)

domingo, 6 de Abril de 2014

Abro a janela e os meus sonhos voam !


Sonhos meus
suaves sonhos
nas emoções que dentro de mim crescem...

Abro a janela
os meus sonhos voam
quero agarrá-los
mas escapam-se...

Na solidão que o tempo vai deixando
meus sonhos dentro de ti
rasgarão a noite...


Manuel Marques (Arroz)

sábado, 29 de Março de 2014

Sentir!

Sinto nas minhas veias
o amor que corre
incandescente
mas, faltam-me palavras
quando olho
o silêncio do teu olhar...

A essência do teu amor
é senti-lo
é ser feliz
é ser presente...

Não é o vazio
o silêncio
a nostalgia
é o teu amor quando me inunda
aquece e incendeia                
a minha alma fria...



Manuel Marques (Arroz)

quinta-feira, 20 de Março de 2014

Falso silêncio !

Neste falso silêncio
todo o meu ser suspenso
depende do vazio
onde o teu corpo descansa...

As lágrimas hão-de secar nas minhas mãos !

Manuel Marques (Arroz)

quinta-feira, 6 de Março de 2014

Palavras!

Amo-te para além das palavras
e nos versos que escrevo
tu és o meu poema...

Manuel Marques (Arroz)

terça-feira, 25 de Fevereiro de 2014

Na onda dos meus sonhos...

Aqui o sonho
longe respira a vida
a eternidade é nossa
as minhas palavras sufocadas
terão a sua hora de amar...

Oh! as minhas ilusões...

Manuel Marques (Arroz)