Seguidores

segunda-feira, 28 de Maio de 2012

Literatura.



Vergílio Ferreira.

Espaço do invisível 1.


Entre a dupla infinitude e o duplo incognoscível do donde e para onde aí os passos do homem.
Dos nossos ,surgidos do mundo recebemos um testemunho e com ele o impulso que vinha nele.
Uma evidência nos toma e com ela a indiscutibilidade que nos há-de orientar ,sem que muitas
vezes,pelo sabê-lo sublimemos ,de algum modo,essa nossa orientação,porque saber ter consciência,é já subir além de nós.

9 comentários:

Fê-blue bird disse...

Sempre sábio Vergílio Ferreira.

beijinhos

Viviana disse...

Meu caro Manuel

Conheço Virgílio Ferreira, mas não a sua obra, daí não imitir uma opinião.

Desejo-lhe, meu caro amigo, uma boa e alegre semana.

O meu abraço
Viviana

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Manekenamigo

Saber é subir. Excelente testículo, com x.

Abç

Sonhadora disse...

Meu querido amigo

Adoro Virgílio Ferreira, tenho quase todos os livros dele.
Uma boa sugestão.

deixo um beijinho com saudades
Sonhadora

Artes e escritas disse...

Ter consciência é subir além de nós, apreciei muito este seu poema. Um abraço, Yayá.

Bárbara Rezende disse...

Passando para desejar uma semana abençoada!!!

ELAINE disse...

Amigo querido! Obrigada pelo carinho! Vou tentar conferir a indicação de leitura! Excelente terça-feira! Abraço fraterno e carinhoso!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

blog da Paraguassu disse...

Olá Manuel querido,
Preciso ler Vergílio Ferreira.
Já ouvi muito a respeito dele.
Pretendo adquirir seus livros, assim que encontrá-los. Obrigada pela dica, amigo.
Grande beijo,
Maria Paraguassu.

Rita Freitas disse...

Interessante e sábio este texto de Virgílio Ferreira.
Gostei muito

Beijinhos